Estudar para concursos públicos: as 5 áreas no serviço público

Escrito Por: Tatiani Carvalho Publicado em: Dicas de Concursos Data de Criação: 13/04/2020 Acessos: 200 Comentários: 0

A aprovação em provas e concursos tem mais a ver com a disciplina e a determinação em estudar para concursos públicos todos os dias, do que com a quantidade de horas estudas, pois constância é essencial.

Existem pessoas muito inteligentes que saem mal em provas porque não se atentam que, ao estudar para concursos públicos, devem primeiro pensar no foco.

“Se veja realizando aquele trabalho todos os dias da sua vida, convivendo com pessoas que provavelmente terão o perfil parecido com o seu e fazendo o seu trabalho com dedicação e esmero, se você consegue ter essas “sensações” na sua escolha de carreira para a vida pública, então, ouso dizer que se encontra no caminho certo”.

Portanto, como seguir sabendo como ou o que estudar para concursos públicos, se você ainda não definiu a sua área de atuação?

Em primeiro lugar, se você pensa que é incapaz ou que não tem inteligência, você está errado.

Todos temos capacidade e inteligência para passar em provas e concursos.

“Você tem a capacidade necessária para começar a estudar e aprender. O primeiro passo é conhecer a área que você pretende e que mais tem a ver com o seu perfil.”

Este arquivo vai te ajudar a entender como funciona o mundo dos concursos, com dicas de como escolher qual a carreira pública você irá se dedicar.

É importante saber em qual área do serviço público você tem "mais afinidade" e seguir um plano que seja adequado para a sua aprovação.

CONHEÇA AS ÁREAS DE ATUAÇÃO EM QUE VOCÊ PODE ESTUDAR PARA CONCURSOS PÚBLICOS

Os certames disponíveis para concursos públicos em todo o país estão divididos entre seis áreas de atuação: Jurídica, Fiscal, Policial, Bancária, Administrativa e Técnica.

Entender como atua o profissional em cada uma das áreas de trabalho pode ser um bom ponto de partida para sua escolha.

 

Área Jurídica

Em primeiro lugar, para a área Jurídica, por exemplo, a maioria dos concursos exige que o concursando tenha bacharelado no curso de Direito.

E é certo que, alguns cargos vão exigir a OAB, porém para outros cargos o registro na ordem é dispensável.

No entanto, algumas pouquíssimas possibilidades administrativas na área permitem que o pretendente tenha cursado apenas até o Ensino Médio.carreiras fiscais

A maioria das pessoas que busca uma vida pública na área jurídica presta concursos para os cargos de Procurador, Delegado, Advogado da União, Auditor, entre outros.

 

Área Fiscal

Na área Fiscal, estão todos os concursos em órgãos públicos que envolvam a fiscalização do Executivo.

É, certamente, uma das áreas mais atrativas quando se trata de remuneração no serviço público.

A remuneração é geralmente boa e a inscrição é permitida para os formandos de quase todos os cursos em nível superior.

Contudo, aqueles com formação em contabilidade, economia e administração, geralmente se destacam nos cargos da área fiscal.

Os concursandos que pretendem atuar na área Fiscal, podem escolher as carreiras de Auditores, Analistas Fiscais, Técnicos Fiscais, entre outros.

 

Área Policialcarreiras policiais

A área Policial para um concursando pode trazer para sua carreira dinamismo e bons salários. Dificilmente quem procura a área policial se imagina sentado em uma repartição ou escritório, sem o dinamismo e desafios diários da profissão.

A carreira na área policial também permite que pessoas com apenas o Ensino Médio completo faça a prova para alguns cargos.

Entre as carreiras para a área policial estão a na Polícia Federal, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar.

 

Área Bancária

Para quem deseja estudar para concursos públicos na área Bancária, é importante relevar que os fatores que mais chamam a atenção de concursandos são os mesmos que fazem com que os certames tenham muitos concorrentes por vaga.

Geralmente, benefícios como bônus e horas semanais obrigatórias em menor quantidade do que em outros estabelecimentos são bastante atrativos para quem quer seguir carreira pública.

Outra vantagem que acirra a concorrência pela área bancária é a oportunidade de promoções e concursos internos, trazendo possibilidade de crescimento e promoções, além de uma construção de carreira sólida.

 

Área Administrativatribunais carreiras administrativas

A carreira na área Administrativa, assim como nas áreas técnica e fiscal, permite uma infinidade de oportunidades.

Por ser abrangente e contar com possibilidades para quem tem formação no Ensino Médio e Superior, a área Administrativa atinge, por exemplo, pessoas que desejam enfrentar os concursos do INSS (Instituto Nacional de Seguro Social), IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), Secretarias Estaduais, Municipais, entre outros estabelecimentos.

Para a área Técnica, concursandos com ou sem nível superior são necessários.

Desta forma, diversos cargos e dezenas de órgãos necessitam desses profissionais, o que abre um leque enorme de oportunidades e preferências entre os concursandos.

Afinal, os cargos operacionais, em sua maioria, são ocupados dentro das áreas técnicas.

 

ESFERAS DE ATUAÇÃO

Antes de escolher, se pergunte o quanto você gostaria de estar na esfera pública, o quanto se sentiria realizado e fazendo o que acha ser importante e motivado para atuar, e claro: como estudar para concursos públicos ou o que estudar para concursos públicos nas suas esferas de atuação.

Entenda que a conquista do cargo público, vai exigir de você, muitas horas de estudos, investimento financeiro, abdicação de vida social e capacidade de lidar com algumas frustrações ao longo da sua jornada, afinal o tão esperado edital pode demorar para ser publicado, o cargo desejado pode não ser contemplado no edital, a quantidade de vagas pode ser muito baixa ou até mesmo nem existir, pois alguns editais oferecem apenas cadastro reserva e você pode ainda, não ir muito bem na prova e ter que esperar o próximo edital para tentar uma classificação.

Depois de passar por tudo isso, não queremos que você, ao conquistar sua vaga, queira desistir, desenvolva alguma doença em função do seu descontentamento com o cargo escolhido ou mesmo jogue tudo para o alto.

“Assim, ter um objetivo formado sobre o que você deseja e te faz sentir bem é fundamental para o sucesso dessa empreitada concursando”.

Eu recomento você a analisar, por exemplo, o que você poderia fazer como profissional em uma entidade que não fosse pública. Se as respostas também o satisfazem como profissional, avalie o quanto seu desejo de ingressar na área pública pode ser maior do que o outro.

Liste todas as diferenças, como possibilidade de crescimento, ofertas de promoção, desafios, além de pontos negativos e positivos.

 

FEDERAL, ESTADUAL OU MUNICIPAL

Se você respondeu que gostaria de apostar na carreira pública, siga para o próximo passo e pense: atuaria na esfera Municipal, Estadual ou Federal? São milhares de oportunidades e cargos nas três esferas.

Alguns, com grandes salários e benefícios, crescem os olhos de quem quer ter uma vida mais confortável. Porém, para seguir na área pública, é preciso mais do que sonhos de conforto: é preciso fazer um estudo completo daquilo que se deseja, diante de salários, benefícios, programas especiais, formas de aposentadoria, local de trabalho, oferta de vagas e transferências, entre outros aspectos.

Lembre-se que muitas vezes, o concurso também pode fazer com que você precise mudar de cidade, de Estado e ainda ficar distante de seus familiares e de seus locais preferidos. Tudo isso deve ser avaliado.

 

COMO NÃO ERRAR NA ESCOLHA

Se você estiver obstinado a prestar um concurso, um dos pontos importantes para escolher a carreira certa de acordo com seu perfil é ter um bom plano traçado.

Conquistar um cargo público exige autocontrole, programação e pesquisa constante.

Tudo porque um dos afazeres obrigatórios do concursando é seguir os editais de sua lista de referência.

“Mesmo que o concurso de seus sonhos não esteja com vagas abertas e tampouco com certames programados, estudar os editais e provas anteriores pode ajudar na tomada de decisão sobre qual carreira escolher”.

Além disso, ouvir conselhos pode trazer conforto e perseverança para o concursando novo e geralmente indeciso.

Converse com quem está passando por situações similares ou mesmo com concursados experientes.

Um erro grave que muitos concursandos cometem é escolher o concurso público que irá fazer baseado no salário inicial do cargo.

 

Sobre o salário – Esse item é importantíssimo quando você decidir estudar para concursos públicos.

Muitos cargos oferecem altos salários, mas nem sempre o plano de carreira é interessante a longo prazo e o mais grave nessa escolha, é que o órgão e o cargo escolhido, podem não condizer com aquilo que você espera, seu perfil pode ser outro, temos que pensar também na questão geográfica de onde iremos realizar o nosso trabalho como servidor público, você pode ter a pretensão de ir morar em outra cidade ou até mesmo trocar de Estado, ou para você é importante continuar morando na sua cidade de origem.

Pensar a médio e longo prazo na sua qualidade de vida, família, amigos e aposentadoria é importante nesse processo inicial de escolha. Não realizar esse planejamento inicial, pode te trazer problemas no futuro.

Conheço pessoas que ficaram frustradas, após os primeiros meses de trabalho, começaram a se arrepender de ter investido recursos para serem aprovadas em um certame, quando poderiam ter utilizado melhor esses mesmos recursos para ocupar um cargo que estaria em melhor acordo com as expectativas. Não pensaram no futuro, de forma imediatista escolheram investir naquele concurso, pois a quantidade de vagas era generosa, ou a remuneração era alta, ou a expectativa de outros editais no momento não era tão boa, ou o conjunto de todas essas questões.

 

ALGUMAS EXPERIÊNCIAS

Vou te contar algumas experiências que já vivi nos meus 20 anos em sala de aula.

Já tive alunos que estavam se preparando para as carreiras policias e não gostavam de seguir regras nem em obedecer hierarquicamente aos seus superiores, outros estavam se preparando para a área de saúde e tinham sensibilidade em situações de mazelas humanas extremas.

“Me lembro de uma aluna, em um grande curso preparatório de Brasília, que estava se preparando para o certame de Agente de Policia Federal e se recursou a assistir uma aula de Direito Penal com um renomado professor, pois este estava vindo de um plantão e não teve tempo de mudar as suas vestimentas antes de iniciar a aula e estava portando arma de fogo, essa aluna se sentiu intimidada com o fato do professor se encontrar armado em sala de aula”.

Situações assim, acontecem aos montes, no entanto, você pode escolher qual a carreira pública melhor se encaixa no seu perfil.

 

ESTUDAR PARA CONCURSOS PÚBLICOS – QUAL A MELHOR CARREIRA

Bem, pense da seguinte forma, o melhor lugar é aquele onde estamos confortáveis, felizes e realizados, então a melhor carreira é aquela que vai te aproximar do lugar onde você deseja estar.

Não se iluda, altos salários, podem ser atrativos no início, mas pense que a longo prazo você pode não ficar satisfeito com o trabalho realizado.

Escolher baseado no que “os outros querem” também pode ser um problema, pois são as expectativas dos outros e nem sempre as vontades alheias se encaixam nas nossas, siga os seus próprios sonhos.

“Se veja realizando aquele trabalho todos os dias da sua vida, convivendo com pessoas que provavelmente terão o perfil parecido com o seu e fazendo o seu trabalho com dedicação e esmero, se você consegue ter essas “sensações” na sua escolha de carreira para a vida pública, então, ouso dizer que se encontra no caminho certo”.

Listei abaixo, cinco carreiras no serviço público, que além de serem atrativas, oferecem muitas oportunidades em certames espalhados por todo o país, espero que ao analisar as características de cada uma delas, você esteja mais seguro para escolher a carreira pública que melhor se encaixa nos seus objetivos e perfil.

 

CARREIRA POLICIAL

Os candidatos para os certames das carreiras policiais geralmente se caracterizam por gostarem de estar em constante atividade, não se encaixam no perfil de trabalho burocrático, dentro de salas fechadas e atividades repetitivas.

Mesmo os delegados, peritos criminais e escrivães que geralmente utilizam instrumentos administrativos como parte do seu dia-a-dia, esses profissionais tendem a se adaptarem bem e gostam de ação e mudanças na rotina.

Muitos cargos exigem diploma de nível superior, limitam a idade dos candidatos, avaliam a vida pregressa além de exigirem avaliação física e de saúde dos seus candidatos. Existem, vagas para os cargos de nível médio, mas cada certame tem as suas especificidades, por isso é importante acompanhar os editais.

Se você se identificou com as carreiras policiais, pode se candidatar para vagas na Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, DEPEN e a Polícia Militar.

Todos esses órgãos costumam lançar editais com certa frequência.

 

CARREIRA FISCAL

As carreiras fiscais são um sonho para muitos, são conhecidas por possuírem as melhores remunerações do serviço público.

Uma quantidade significativa de vagas é disponibilizada anualmente, um dos concursos mais esperados e disputados do país é o da Receita Federal, mas vemos com frequência os ICMS dos Estados e os ISS dos Municípios disponibilizando vagas.

Se você gosta da área contábil e financeira, as carreiras fiscais devem ser olhadas com carinho, os servidores que atuam nessa área, passam os seus dias examinando a contabilidade de empresas, orientando o contribuinte quanto à interpretação da legislação tributária, tomam decisões em processos fiscais, executam fiscalização, atendem ao público e desenvolvem atividades administrativas gerais.

Podemos colocar a Receita Federal no topo dos órgãos que mais atraem os candidatos no país. Carreiras fiscais são sinônimo de prestigio e alta remuneração.

E aí? Gostou? Quem sabe a gente não se encontra em alguma aduana, aeroporto ou você pode nos ajudar a resolver alguma pendencia fiscal com o governo no futuro?

 

CARREIRA BANCÁRIAbanco do brasil

As funções das carreiras bancárias envolvem atendimento ao público, comercialização de produtos e serviços e a realização de atividades administrativas.

Ao escolher trabalhar nos bancos você terá acesso a algumas especificidades dessas instituições, algumas bem interessantes. Por exemplo:

  • Carga horária de trabalho reduzida, pois em geral, quem trabalha em banco, faz um regime de 30h semanais.
  • Além disso, os bancos costumam ofertar valores extra aos seus servidores com base na produção.
  • Por exemplo, benefícios extras são acrescidos ao salário como um programa de participação de resultados e oferecem o décimo quanto salário.

Os bancos funcionam como as grandes corporações. Eles oferecem um plano de carreira bem estruturado, portanto, bastante atraente para quem possui um perfil mais proativo, ainda mais, se você gosta de desafios.

Acima de tudo, deve gostar de metas e estar preparado para um ambiente competitivo, que exige muito conhecimento e atitude.

Se você gosta de atividades administrativas, que exijam excelência em todos os processos realizados, se não tem problemas em ser cobrado e medido por resultados alcançados, creio que essa seja uma boa oportunidade.

 

DESTAQUES

Vários bancos lançam editais com regularidade.

Os destaques são: Banco do Brasil (BB) e Caixa Econômica Federal (CEF), mas temos também os bancos estaduais, como Banrisul, Banpará, BRB entre tantos outros e o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que é um dos maiores bancos de desenvolvimento do mundo e hoje é o principal instrumento do Governo Federal par ao financiamento de longo prazo para investimentos na economia brasileira.

Ah, já ia me esquecendo de te contar, que a maioria das vagas para escriturário ou técnico bancário são de nível médio.

Mas, os bancos, contam também com certames para área de tecnologia.

 

CARREIRAS ADMINISTRATIVAS

Certamente, o poder executivo federal é a grande fonte de vagas para essas carreiras. Por exemplo: INSS, Ministérios e IBGE.

Mas existem várias oportunidades nos Estados e Municípios. Certamente, para quem se identifica com as carreiras administrativas e gosta de atividades mais burocráticas.

Ou seja, trata-se de um trabalho mais interno, de gestão de pessoas, trato com formulários e relatórios, ótima oportunidade para quem não gosta de correr riscos.

São atividades que não exigem formação especifica, desta forma, pode ser de nível médio para técnicos ou nível superior, para analistas administrativos.

As remunerações são atrativas, um exemplo é o INSS que pode pagar até R$ 6.000,00 para cargos que exigem nível médio.

Outra vantagem é que esses concursos costumam oferecer um bom número de vagas.

O que você acha?

Certamente, é uma boa alternativa para você começar a estudar para os concursos públicos com mais foco e, finalmente, se direcionar para uma carreira mais especifica.

 

CARREIRA EM TRIBUNAIS

São as mais concorridas do país.

Em 20 anos ministrando cursos, nunca entrei em uma sala de aula que não tivesse um número expressivo de candidatos para essa carreira.

No entanto, existe uma imensidão de oportunidades nessa área, são muitos os Tribunais espalhados pelo país. Olha a quantidade de oportunidades:

 

  • Cada Estado possui o seu próprio Tribunal de Justiça (TJ) e mais o TJ do Distrito Federal (TJDF);
  • São cinco os Tribunais Regionais Federais;
  • São 24 Tribunais Regionais do Trabalho;
  • 27 Tribunais Regionais Eleitorais, e como se não bastasse ainda temos;
  • STF, STJ, TST, STM e TSE, pensa que acabou?
  • Ainda temos o CNJ que entra na nossa contagem, pois embora não seja Tribunal, faz parte do poder judiciário.

 

O horário de trabalho dos Tribunais é reduzido, e a maioria exige o cumprimento de 6 a 7 horas de trabalho por dia.

Existem benefícios extras como auxilio saúde que pode chegar até R$ 3.000,00 mensais, além do recesso forense.

Se você possui nível médio, as atividades vão desde atendimento ao público, arquivamento de processos e documentos até o apoio técnico e administrativo.

Já se possui nível superior, as atividades executadas estão relacionadas a legislação, jurisprudência e doutrina.

Tem também cargos específicos para quem é bacharel em direito e deseja ter a garantia de um serviço público e ainda trabalhar como advogado.

 

Deixe um comentário