Redação Discursiva – Como escrever bem

Escrito Por: Tatiani Carvalho Publicado em: Dicas de Concursos Data de Criação: 16/12/2019 Acessos: 11882 Comentários: 1

Redação Discursiva, como escrever bem?

Meus queridos leitores e alunos, sabemos que a prova discursiva, costuma ser um diferencial nos certames públicos, portanto, ao ler no edital que teremos prova discursiva, a sua principal pergunta deve ser essa: Como escrever uma boa redação?

Essa dúvida não é só sua, umas das maiores preocupações é com a prova discursiva, afinal ela tem caráter classificatório e eliminatório nos concursos, pode fazer sua nota aumentar e te classificar, portanto, pode te deixar fora da classificação, mesmo tendo se saído muito bem na prova objetiva.

Redação Discursiva, como escrever bem?

A prova de Redação Discursiva é uma etapa decisiva e temida nas provas, apesar de muitos alunos não gostarem, é fundamental estar bem preparado para essa etapa do certame.

Elaborar um bom texto, vai ser definitivo para a sua classificação, ou seja, é a possibilidade de ingressar em um cargo público.

Nosso objetivo nesse artigo é te ajudar a entender o que é necessário para escrever bons textos, ou seja, escrever de forma adequada, o tema proposto pela banca na prova.

Dicas importantes – Redação Discursiva

Depois de conversar com diversos ex alunos, que hoje já são servidores públicos, pude perceber que todos são unanimes em afirmar que, os estudos para a produção de textos, só deve começar depois que o candidato tenha estudado no mínimo 70% do edital.

Esse conselho é importante, pois conforme, relata os nossos alunos já aprovados, ter conhecimento acerca dos assuntos da prova, ajuda a escrever um bom texto.

Outra dica importante que recebemos, foi relacionada a disciplina de Atualidades.

Mesmo que essa disciplina não seja cobrada no edital, ou não seja assunto do provável tema da prova de Redação Discursiva, ter conhecimentos sobre temas gerais é importante na hora de escrever.

Os conhecimentos relacionados as regras gramaticais, são essenciais para escrever bem.

Escrever palavras com a grafia correta, conhecer as regras sobre concordância e pontuação, vão render pontos preciosos.

Caso precise de um material completo para te auxiliar nos estudos de Gramática e te ajudar a garantir uma boa produção de textos, clique no link, para ter acesso a um excelente livro de Língua Portuguesa.

Por fim, vem a dica que consideramos ser a mais relevante, ou seja, a dica de ouro dos aprovados e classificados, que passaram pela prova de Redação Discursiva.

Treine, escreva, produza textos, pratique a escrita, quando achar que já escreveu o bastante, escreva mais, ou seja, treine muito.

Texto dissertativo x discursivo

Apesar de, usarmos a expressão Redação Discursiva, na prova discursiva, a banca pode pedir que a redação seja redigida no modelo discursivo ou dissertativo.

Saber a diferente entre os dois modelos de textos é importante ao produzir o texto.

Dissertativo

Nesse modelo o autor deve apresentar as ideias e do seu modo, mas ao defendê-las os argumentos devem ser legítimos, ou seja, as ideias devem ser defendidas de forma coerente.

Textos dissertativos, são uma resposta adequada para um determinado assunto.

Discursivo

Esse modelo de texto é mais concreto, portanto, os assuntos geralmente são de cunho social, cientifico, político, etc. Ou seja, são assuntos que todos deveríamos saber.

Por esse motivo os conhecimentos relacionados ao tema de “Atualidades” é tão importante.

A capacidade de produzir um texto dissertativo, mostra que o candidato se encontra “por dentro” dos mais variados assuntos.

Tipos de provas discursivas

Segundo o nosso professor de Redação Discursiva, Diogo Alves do portal Gramática na Rede, os tipos de provas discursivas são:

Redação

Geralmente exigida em seleções – como vestibular e PAS – e em avaliações educacionais. Nesse tipo de prova é exigido que o candidato elabore um texto sobre o tema proposto em um espaço de até 30 linhas.

Peça Técnica Jurídica

Costuma ser exigida em concursos para cargos de Procurador, Promotor de Justiça, Advogado e Juiz Substituto. No espaço para resposta, que varia geralmente de 90 a 180 linhas, o candidato deve escrever uma peça judicial abrangendo informações de um texto proposto.

Projeto

Exigido em concursos para a área de tecnologia, esse tipo de prova combina a redação de um texto com gráficos, em um espaço médio de 45 linhas, em que o candidato deve apresentar um projeto a ser desenvolvido no órgão, conforme o que é solicitado na questão.

Questões diretas com foco específico

Normalmente utilizada em concurso público de nível superior, em áreas diversas. Nesse tipo de prova, o comando da pergunta especifica quais aspectos o candidato deverá abordar na resposta. Para isso, o candidato tem um espaço de cerca de 20 linhas.

Questões curtas diretas

Geralmente utilizadas em avaliações educacionais – a exemplo do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) – e de acesso à Universidade – como as transferências facultativas. Nesse tipo de prova, as perguntas são diretas e o candidato tem de 5 a 15 linhas para elaborar sua resposta.

Peça técnica em auditoria

Essa prova costuma ser exigida em concursos de Tribunais de Contas nas áreas de Administração, Contabilidade, Economia, Finanças. Na prova, os candidatos deverão responder as questões aliando conhecimentos teóricos e aplicados ao campo da auditoria. Para isso, o espaço disponível é de 30 a 40 linhas.

Como estruturar um texto

Introdução: 4 a 6 linhas

Desenvolvimento: 6 a 8 linhas (2 ou 3 parágrafos)

Conclusão: 3 a 5 linhas

O parágrafo introdutório apresenta o assunto sem particularizá-lo. Nele, deve estar a delimitação do assunto (tema), a tese e dois ou três argumentos que deverão ser justificados ao longo dos parágrafos de desenvolvimento. É a porta de entrada de seu texto!

Observe o exemplo de uma redação.

Tema“Drogas ilícitas e os seus malefícios”

Argumentação por enumeração:

      Apesar dos esforços das autoridades competentes para erradicar as drogas ilícitas, é possível perceber que os seus malefícios estão presentes no Brasil, em diversos setores, a saber: na família, que perde seu filho para o tráfico; na comunidade, que perde o cidadão de bem; no próprio Estado, que perde sua credibilidade diante de outras nações.

Argumentação histórica:

      As drogas, no início do século XX, eram consumidas, quase exclusivamente, pela elite dominante, em especial o ópio e a heroína. O século XXI começa com a popularização da droga, sobretudo maconha, cocaína e crack. Isso é, portanto, o mais contundente e deplorável elo entre classes sociais

Exemplo de parágrafo de desenvolvimento:

    O Estado precisa intervir por meio do policiamento ostensivo nas áreas mais afetadas pela insegurança. No entanto, não basta uma polícia que invada as comunidades, aja de forma pontual e não dê continuidade aos processos de estabilização daquela comunidade. É necessário, pois, que as forças armadas – civis e militares – desenvolvam projetos contínuos nesse locais, a fim de reduzir casos de violência, tráfico de ilícitos, entre outros males, conforme prevê a Constituição Federal (CF), em sua determinação acerca da garantia de segurança a todos.

Exemplo de parágrafo de conclusão:

     Em função do exposto, espera-se que as autoridades brasileiras façam a parte que a elas cumpre, como fornecer educação, saúde e trabalho à população, sob pena de não cumprir com a determinação expressa pela Carta Magna; por fim, cabe, também, aos cidadãos buscar e fiscalizar o cumprimento de seus direitos políticos, sabendo utilizar a ferramenta social de transformação: o voto.

Redação Discursiva, como escrever bem – Correção comentada

Observe a imagem com o texto.

Segundo o professor Diogo Alves, a correção dessa redação seria:

  1. Em relação à introdução (linhas 1 a 7), o nome “arcadismo” deveria estar grafado com letra maiúscula (linha 3). Seria bom que você utilizasse testemunho de autoridade para validar os seus argumentos, já que é por meio deles que a sua redação ficará mais consistente.
  2. Em relação ao primeiro parágrafo de desenvolvimento (linhas 8 a 14), as ideias empregadas não foram articuladas de forma que gerasse uma argumentação: deve-se empregar fatos, exemplos, ilustrações, comparações, testemunho de figuras históricas (tudo para justificar o seu ponto de vista a respeito da problemática).
  3. Em relação ao segundo parágrafo de desenvolvimento (linhas 15 a 22), reitero fazendo as mesmas observações anteriormente expressas.
  4. Por fim, em relação à conclusão (linhas 23 a 29), o conector de conclusão não foi empregado no início do parágrafo (“Portanto”/”Logo”/”Dessa forma”…). “Arcadismo” (na linha 23), deveria ser grafado com letra maiúscula.

Bem, espero ter ajudado, elucidando algumas dúvidas com relação a produção de textos.

Portanto, você deve ter em mente, que escrever é uma técnica, ou seja, precisa praticar.

A melhor forma de se preparar para sua prova de Redação é praticando, usando provas anteriores, ou seja, buscando provas de certames passados, portanto, treine a produção de textos.

Portanto, se quiser ser bem sucedido na sua prova de Redação Discursiva, esse é o único caminho reconhecidamente certo a seguir.

Que tal começar, já a sua produção de textos. Não perca tempo.

Acesse o nosso site em: Editora Avançar

Bons estudos.

Comentários

VB
valdi da silva batista 01/09/2020
BOM DE MAIS . DEVE TRAZER UM GRANDE DIFERENCIAL .

Deixe um comentário