MATERIAL DE ESTUDOS DIGITAL OU IMPRESSO: QUAL É O MELHOR?

Escrito Por: Tatiani Carvalho Publicado em: Dicas de Concursos Data de Criação: 30/09/2020 Acessos: 146 Comentários: 0

A escolha do material de estudos é sem dúvida a etapa mais importante para quem vai se preparar para provas de concursos públicos, vestibulares, Enem, OAB e processos seletivos no geral.

O mercado de educação conta com uma infinidade de opções quando se trata de material de estudos. Existem diversos produtores de conteúdo, cursos, editoras, livrarias, autores independentes, entre vários outros, oferecendo material didático.

E você provavelmente já deve ter observado que as formas de adquirir material de estudos são as mais diversas, existem os materiais impressos, e-books, apostilas e livros digitais, PDF’s, os acessos podem ser feitos por plataformas especificas, tablets, e-mail, enviados pelos correios, adquiridos em livrarias, bancas, etc.

Entre tantas opções, temos que levar em consideração a questão dos valores, pois dependendo do tipo de material escolhido e a forma de adquirir, os preços podem variar bastante, alguns chegam a custar até 80% a mais ou a menos, dependendo do formato escolhido.

Meu objetivo nesse artigo é esclarecer qual a diferença entre todas as opções disponíveis, o que significa alguns nomes e as diferentes formas de adquirir o seu material.

Depois dessa leitura, tenho certeza que você vai conseguir fazer a escolha que melhor atenda às suas necessidades e seja acessível ao quanto você deseja investir no seu material.

Boa leitura!!!

MATERIAL DIGITAL OU IMPRESSO PARA ESTUDAR: QUAL A DIFERENÇA

 

Basicamente a diferente entre o material digital e impresso de estudos é a forma de adquirir o seu material de estudos.

Livros, apostilas e outros guias de estudos, quando adquiridos na versão impressa, serão entregues em papel.

Já no formato digital, você poderá receber o seu material via e-mail ou fazer download (baixar) em sites ou plataformas especificas.

 

Posso imprimir o material digital?

 

Essa pergunta é bem comum, pois alguns usuários, quando comparam o preço do material impresso e do digital – vou falar sobre essa questão dos preços nesse artigo – optam por adquirir o digital por ser bem mais barato e depois querem fazer a impressão.

Bem, na maioria dos casos a resposta é sim, após fazer o download é possível sim, imprimir o seu material integralmente ou escolher quais partes deseja imprimir.

Porém é importante verificar antes de fechar a compra, se a editora, curso, livraria ou pessoa que está vendendo o material, permite a impressão, pois tem como fazer o bloqueio desse recurso.

Aqui na Editora Avançar, todos os nossos materiais digitais são liberados para impressão, pois consideramos que após adquirir a obra o nosso aluno possa querer imprimir.

 

Qual a diferença entre: PDF, E-books e material/livro/apostila digital?

 

A melhor forma de te explicar isso é usando o texto do José Fernando Tavares do Medium.com. O cara é fera quando se trata de formatos de material digital.

“Ebook ou e-book é uma abreviação do termo inglês eletronic book e significa livro em formato digital.

O material digital pode ter vários formatos, ou seja, várias formas de apresentar o conteúdo. O mais conhecido é o PDF, um formato simples e fácil de ser criado. Ele apresenta o conteúdo de modo bem parecido ao impresso, em prática, uma cópia de como o texto está no papel.

Existe, porém, um formato mais prático e eficiente para a leitura de texto em uma tela (computador, tablet ou smartphone), é o formato ePub (electronic publication). A maior vantagem respeito ao PDF é que o texto permanece vivo, ou seja, ele permite aumentar o tamanho da fonte tipográfica, fazer pesquisas e conforme o tamanho da tela, adapta-se, facilitando a leitura.

Se você tentou ler um PDF em uma tela pequena, no seu celular por exemplo, já teve a experiência frustrante de ter que ficar fazendo zoom para aumentar o texto e ficar mexendo na tela para poder ler o final da linha. Desconfortável, não?

Pois é, ler um texto longo usando o formato ePub é muito mais confortável porque o texto escorre, conforme o tamanho da tela do seu aparelho, seja ele um computador, um tablet ou um celular. Esta característica do ePub é conhecida como layout fluido. Gosto de chamar este tipo de livro digital de livro líquido. Assim como a água toma a forma de um copo, de uma jarra ou outro recipiente, o livro no formato ePub também se adapta ao aparelho que está sendo usado”.

Ou seja, não tem diferença entre e-book ou material digital, mas tem diferença no formato de arquivo que é disponibilizado.

Para saber qual é o formato de arquivo do material que você deseja adquirir, basta entrar em contato com a editora, curso ou pessoa de quem você está adquirindo o seu material de estudos.

 

Preço: o material impresso é mais caro que o digital

 

Vamos lá, essa é uma questão recorrente aqui na editora quando atendemos os nossos alunos, que questionam por qual motivo o material impresso tem uma diferença de preço que pode chegar ser até 80% mais caro do que o material digital.

Se você considerar que o material impresso tem custos de impressão (gráfica) que envolvem: funcionários para executar o trabalho de impressão, papel, tinta, logística de entrega, além de diversos custos físicos, fica mais fácil entender a diferença de preço.

Não quero dizer que não temos custos para produzir material digital, temos sim, são despesas com: direito autoral, revisor, diagramador, plataformas para disponibilizar o material, entre outros, mas no material impresso, você vai agregar além desses custos do material digital os custos físicos, ao valor final do seu material.

Quanto maior o volume de páginas, maiores são os custos de produção do material impresso e logística de entrega, já que correios e transportadoras, geralmente calculam o valor levando em consideração não só a localidade de entrega, mas o volume, peso e dimensões do objeto a ser entregue.

 

Vantagens e desvantagens do material impresso

Conheço várias pessoas que preferem utilizar o material impresso para estudos, e eu entendo essa preferência, afinal, a experiência sensorial com o papel é maior.

A leitura no papel possui um ritmo melhor e costuma ser mais intuitiva.

O esforço é menor, pois o leitor não fica exposto a luzes fortes que costumam causar fadiga ocular e dores de cabeça.

O estado de concentração é comprovadamente maior quando lemos em papel do que quando lemos em telas.

Existe sempre a possibilidade de fazer anotações, marcações e as mais diversas alterações no material impresso, utilizando canetas, lápis, marca textos, etc.

Dificilmente você terá problemas de furto e roubo do seu material impresso, principalmente se utiliza transporte público e estuda no trajeto.

Porém, temos que considerar a questão ambiental, o material impresso causa grande agressão ao meio ambiente.

O volume de material para “carregar” é bem maior, considerando que você utiliza transporte público, isso pode ser um problema.

Temos que considerar também a questão das atualizações, depois de impresso, não existe mais a possibilidade de atualização daquela versão do material.

 

Vantagens e desvantagens do material digital

As versões digitais de materiais de estudos, estão ganhando cada vez mais adeptos.

As vantagens são inúmeras, já citamos a questão do preço, pois esse tipo de material costuma ser bem mais barato que as versões impressas, mas os benefícios não param por aí.

Observe na lista abaixo as principais vantagens em utilizar material digital:

  • Conteúdos atualizados quase que em tempo real, considerando que você tenha acesso a internet quando utiliza o seu material digital;
  • Maior personalização de conteúdo, pois as imagens, gráficos e tabelas, costumam ser coloridos e muitos até com recursos de animação;
  • Muitos aplicativos específicos de estudos, principalmente para quem se prepara para concursos públicos;
  • Grande variedade de títulos com o mesmo assunto disponível;
  • Artifícios para grifar, marcar, inserir resumos, buscar palavras, parágrafos, imagens, de forma mais rápida;
  • Excelente opção para “carregar” o material, já que os aparelhos eletrônicos são mais leves;
  • Grande espaços de memória, podendo disponibilizar bibliotecas inteiras, em apenas um aparelho;
  • Recursos como tradutores para publicações em outros idiomas, além de corretores automáticos de textos, entre outros benefícios.

Mas nem tudo é só vantagem, o uso de material digital possui algumas desvantagens que merecem ser citadas, como por exemplo:

  • Impactos na saúde, como dores de cabeça e complicações oculares;
  • Dificuldades de concentração, caso utilize o material de estudos conectado à internet e possível que muitas distrações apareçam na tela;
  • Possibilidade maior de roubos e furtos, pois os equipamentos eletrônicos costumam chamar a atenção de ladrões;
  • Adaptação com a tecnologia que para algumas pessoas pode ser mais difícil, entre outros exemplos.

Vale lembrar que se você utiliza material digital é sempre recomendável observar os horários de uso, especialistas orientam a não “abusar” do uso de telas após às 18h, pois isso pode afetar a qualidade do sono noturno.

Outra dica importante é apostar em softwares para reduzir a intensidade da luz e amenizar o impacto, utilize o modo de descanso com luz amarela, esse modo ajuda a descansar a visão ocular.

 

MATERIAL IMPRESSO OU DIGITAL: QUAL A MELHOR ESCOLHA

 

Se você chegou até aqui na leitura desse artigo, já deve ter feito a sua escolha.

Não existe um melhor ou pior, o que existe são usuários com necessidades diferentes uns dos outros e dispostos a fazerem investimentos dentro das suas realidades.

Observo o comportamento dos nossos alunos da Editora Avançar, e uma característica é comum, pois para algumas disciplinas existe a preferência para o material impresso e para outras o material digital.

A escolha depende de vários fatores como: preço, facilidade, local de estudos, acessibilidade, além da possibilidade de atualização mais frequente de conteúdo.

Os nossos alunos que se preparam para concursos em que o volume de conteúdo é extenso e com muitas disciplinas jurídicas, que estão em constante mudança, além da aplicação de jurisprudências, costumam optar pelo formato digital.

Já para as disciplinas que sofrem menos alterações como é o caso de Língua Portuguesa e Matemática, os nossos alunos escolhem um bom livro ou apostila no formato impresso.

O importante é que essa escolha, seja feita com o intuito de agregar valor aos seus estudos, que facilite a sua vida de estudante e acima de tudo que o material escolhido esteja completo e atualizado.

Espero que tenha gostado do nosso texto e que o nosso objetivo de te ajudar a entender as diferenças entre os tipos de materiais de estudos, tenha contribuído na sua preparação e escolhas.

Para adquirir as nossas apostilas e livros, na versão impressa ou no formato e-book, clique no link: EDITORA AVANÇAR.

Comente o nosso texto com a sua opinião sobre o uso de material digital ou impresso, quero saber o que é melhor para você, vamos trocar experiências.

 

Beijo grande e bons estudos.

Profª Tatiani Carvalho

Gestora de Editorial

Deixe um comentário